Glamourização ideológica das drogas

Terça, 07 Maio 2019 15:45

Não se pode sucumbir à síndrome de avestruz quando a vida das pessoas está em jogo

Ruy Castro, o brilhante autor de O Anjo Pornográfico e Chega de Saudade, livros obrigatórios para quem gosta de um belo texto, costuma acertar no alvo. Em sua coluna na Folha de S.Paulo, mais uma vez foi preciso, corajoso e politicamente incorreto. Ao comentar a Política Nacional de Drogas do governo, que investirá na abstinência do usuário, em vez de na redução de danos, Castro fechou com a proposta. Armado de uma sinceridade afiada, fruto da experiência vivida e sofrida, não faz concessões.

Para ler a matéria completa clique aqui.

Ler 170 vezes